Featured Video Play Icon

Redução dos custos de produção durante a covid-19: Perspectiva da América Latina – by Marcio Ceccantini

October 31, 2020
June 12, 2020

MARCIO CECCANTINI, Global technical support feed digestibility - ADISSEOOla, sou Marcio Ceccantini e trabalho na Adisseo France.

Como você sabe, o Covid19 também ja esta afetando nossa indústria de alimentos.
Em grande parte do mundo, restaurantes estão fechados, o comportamento de compras da população mudou, a cadeia alimentar sofre com interrupçoes , e como resultado, a producao e o consumo de carne estao fortemente afetados, fazendo o preço do frango e do suíno despencar para o produtor.

Quando olhamos ao panorama da América Latina mais especificamente, ainda temos como agravante a situação economica e política instável, onde muitos países esta com taxa do dólar alta e que aparentemente ira persistir.

Neste cenarion, mais do que nunca, os integradores e produtores estão buscando diversas maneiras de reduzir seus custos de produção.
E está na mão de cada um de nós buscar as possibilidades para fazer alguns ajustes a fim de melhorar tal situação.
Assim que gostaríamos de trazer aqui 2 exemplos de ações práticas compatíveis com este momento, para alcançar reduções no custo do seu alimento produzido:

  • A Primeira são
    As análises via NIRS das matérias primas de maior importância nas dietas. Afinal, Conhecer melhor o valor nutricional dos ingredientes irá possibilitar termos mais critérios em algumas tomadas de decisões como:
    – segregação de acordo com a característica da matéria prima
    – ajustes nos valores nutricionais dos ingredientes – aqui, será que temos como aumentar a frequência de ajustes?
    Para dar suporte a tais estratégias essenciais, A Adisseo dispõe de um serviço que pode contribuir ainda mais nesta hora, o PNE, uma plataforma online NIRS, a única de que e’ embasada em mais 20 anos de trabalho testes de digestibilidade In Vivo .
  • O segundo ponto que vem sendo buscado e’ usar ou aumentar a inclusão na dieta de coprodutos vegetais, subprodutos, ou alternativos, estes ingredientes além de poder reduzir o custo de fórmula , abrem ainda mais espaço para o uso de enzimas carboidrases e com matrizes nutricionais mais elevadas, pois estes ingredientes em geral apresentam maiores frações não digestíveis, onde as enzimas tem mais espaço para atuar.

Para que isto possa ser feito com segurança, e’ necessário utilizarmos enzimas de fornecedores confiáveis que possuem resultados consistentes e alinhados com este tipo de procedimentos. E e’ neste sentido que a Adisseo vem trabalhando com a linha Rovabio Advance, demostrando seus efeitos positivos na digestibilidade das dietas, permitindo melhorar os valores de energia, aminoácidos, Ca e P das dietas, efeitos validados em experimentos e no campo, permitindo assim uma reformulação da dieta com segurança!

Para quem já utiliza o Rovabio, esse é o momento de explorar o máximo potencial da enzima com seus valores de energia e aminoácidos. E para que ainda não utiliza, essa é a oportunidade para economizar mais, e sempre buscando os melhores resultados zootécnicos. Esta e’ a nossa expertise, nutrição e digestibilidade, e aqui e’ onde entendemos que mais podemos cooperar.
E claro que o nutricionista é a melhor pessoa para avaliar estes pontos, e podem contar com a Adisseo para discutirmos cada tópico. A equipe técnica da Adisseo no mundo inteiro está mobilizada e pronta para cooperar, e vem mostrando exemplos práticos em vídeos que estão sendo disponibilizados na internet. A Adisseo vem desenvolvendo todos os esforços para cooperar neste momento tão difícil. Animo a todos!

WordPress Video Lightbox